O Trovadorismo~*

Embora Portugal tivesse conhecido as manifestações literárias na prosa e no teatro foi na poesia que alcançou grande popularidade.  Os poemas eram sempre cantados e acompanhados por instrumentos musicais e danças, e por esse motivo, receberam o nome de cantiga. Os autores dessas cantigas eram chamados de trovadores  (pessoas que faziam trovas, rimas), dando origem ao nome Trovadorismo.
O marco inicial do Trovadorismo em Portugal é a ‘Cantiga da Ribeirinha’  ou ‘Cantiga da Guarvaia’, de Paio Soares de Taveirós no ano de 1189.  As cantigas foram cultivadas tanto no gênero lírico quanto no gênero satírico. Dependendo de suas características – como o eu lírico, o assunto, a estrutura, a linguagem, etc -, elas podem ser classificadas em quatro tipos. No gênero lírico: cantigas de amor e cantigas de amigo; no gênero satírico: cantigas de escárnio e cantigas de maldizer.

→ Cantigas de Amor e Cantigas de Amigo:
As cantigas de amor têm raízes na tradição da própria Península Ibérica. Apresentam um ambiente rural, linguagem e estrutura simples e seu tema mais frequente é o lamento amoroso da moça que chora por seu amado que foi para a guerra. Já as cantigas de amigo têm raízes na poesia provençal, nos ambientes aristocráticos das cortes francesas. Prendem-se a certos sentimentos. As cantigas de amigo são menos trabalhadas do que as de amor, principalmente quando se refere às ideias e às emoções.

Cantigas de Escárnio e Cantigas de Maldizer:
As cantigas de escárnio e de maldizer foram a primeira experiência da literarura portuguesa na sátira. Possuem grande valor histórico devido aos seus aspectos linguísticos, culturais, morais, etc. Essas cantigas tinham um estilo próprio, usando de diferentes recursos expressivos, voltavam-se para a crítica de vários personagens da sociedade medieval portuguesa: clérigos devassos, cavaleiros e nobres covardes na guerra, os próprios trovadores, etc.

Por:  Eloisa

Published in: on November 25, 2010 at 6:16 pm  Leave a Comment  

The URI to TrackBack this entry is: https://mundodalinguaportuguesa.wordpress.com/2010/11/25/o-trovadorismo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: